Lá vem a geração “C”

Coronials

Os bebês de 2020 e 2021 já estão sendo inseridos em uma nova categoria: depois da Geração Y (os millennials nascidos entre 1980 e 1994) e da Geração Z (nascidos entre 1995 e 2015), agora temos a Geração C, de Covid. Também chamados de “Geração Iso”, de “isolation/isolamento”, essa turminha vai chegar ao mercado de trabalho em 2038 com um mundo completamente diferente do experienciado por seus pais. Muitos vão crescer órfãos, e todos vão enfrentar mudanças radicais na forma de encarar o trabalho. Prever o futuro não é fácil, mas vamos exercer nosso lado Mãe Dináh e tentar imaginar como o mercado e a tecnologia estarão daqui duas décadas.

Futuros workaholics

A covid já fez mais de 2,6 milhões de vítimas em todo o mundo. Há 1 ano, ninguém previa o estrago gigantesco que ela faria. O mundo espera até o final do ano ou meados do próximo para que grande parte da população esteja vacinada e a vida tenha voltado ao normal. Porém, uma geração não é definida apenas em um intervalo tão pequeno de tempo. Assim, Haim Israel, chefe de investimentos da BofA Global Research, acredita que a Geração C incluirá os bebês nascidos até 2030. Afinal, mesmo após o fim da pandemia, que esperamos ser em breve, seus efeitos serão sentidos por mais alguns anos. E quando chegar a hora, essas crianças irão trabalhar mais horas do que nunca. Ao menos essa é a previsão de Morris Miselowski, um futurista que estuda tendências.

Novos trampos, novas tretas
Para o especialista, isso não significa que as pessoas passarão mais tempo no escritório. Com o avanço da tecnologia, casa e trabalho vão se misturar ainda mais. Outro detalhe é que a expectativa de vida deve aumentar. Com cada vez mais pessoas ultrapassando os 100 anos de idade, será necessário ampliar o tempo de trabalho. Aposentadoria? Será cada vez mais tarde. Outra previsão é que lá por 2038 cerca de 60% da população terá mais de um emprego. E por mais que a maioria das vagas seja extremamente tecnológica, muitas crianças vão acabar trabalhando em algo básico para o ser humano: a geração de alimentos. Em 2050, por exemplo, a estimativa é que a população mundial chegue a 9,7 bilhões, um aumento significativo em relação aos 7,7 bilhões atuais. Assim, será preciso desenvolver novas maneiras de alimentar todo mundo. Diversas novas funções devem surgir, como as de técnico em impressão de alimentos em 4D, cientista de carne cultivada e designer de alimentos sintéticos.

O que que há, velhinho?

Outro detalhe interessante é que a carteira de motorista não deverá mais ser o sonho da maioria dos adolescentes da Geração C. A tecnologia deve criar carros autônomos, sistemas eficientes de caronas, transporte público com reserva e veículos compartilháveis, como bikes e scooters – parte disso já estamos vendo acontecer agora mesmo. Já a saúde é uma área que deve crescer substancialmente. O desenvolvimento em tempo recorde de vacinas contra a covid deve ajudar a acelerar a pesquisa de outras doenças incuráveis que ainda afetam os seres humanos, como diversos tipos de câncer ou a Aids. Além disso, será necessário um número maior de profissionais para tratar uma população cada vez mais idosa. Ou seja, cuidadores de idosos serão comuns, bem como desenvolvedores de tecnologia para dar autonomia aos velhinhos.

A digitalização de tudo

Os robôs e a inteligência artificial vão agilizar vários processos. Trabalhos físicos, manuais e administrativos podem estar com os dias contados. No futuro, habilidades como sabedoria, colaboração, resiliência, comunicação, empatia, criatividade e imaginação estarão em alta. Mas também será preciso ter habilidades com o meio digital – quanto mais avançadas, melhor. Outra área que deve mudar é a educação: hoje em dia, a maior parte do conhecimento humano é adquirido antes dos 21 anos. A formação continuada será praticamente obrigatória. E o aprendizado também será cada vez mais móvel, pelo celular. E aí, família, já estão guardando dinheiro para os estudos dos pequenos? Pois deveriam…

Fonte: TheBrief

Publicado por luizguilhermeguedes

| guedesonline.com | @guedesonline |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: