O admirável mundo do Metaverse

Não é de hoje que estamos acompanhando, de forma cada vez mais evidente, uma fusão entre o mundo virtual e o mundo real. Mesmo que para muitas pessoas essa ainda possa parecer uma conversa sobre futuro, é algo que já está acontecendo ao nosso redor todos os dias – e a necessidade de isolamento social trazida pela pandemia acelerou isso ainda mais. Filtros de realidade aumentada, aniversários dentro de plataformas de games, exercícios físicos em casa com o apoio de devices de VR, como o Oculus, apenas para citar alguns exemplos, estão aí pra ficar.

Pessoas estão se reunindo virtualmente não apenas para jogar, mas também para assistir a filmes ou para rir juntos de memes e vídeos criados por outros usuários. Eventos virtuais que reúnem mais de mil pessoas, em que interagimos com avatars – como o próprio evento de Cannes deste ano – são cada vez mais frequentes, e cada vez estaremos mais dispostos a gastar mais dinheiro, real e virtual, com coisas que só existirão nesses ambientes virtuais.

Cases usando AR, avatars e outras formas de integrar o virtual e o real estão por todos os lados na premiação deste ano. Só para mencionar dois que tem brasileiros na ficha, destaco o Stevenage Challenge, para o Burger King, que trouxe a ideia de patrocinar um time de futebol virtual e levá-lo ao topo do Campeonato jogando com as maiores estrelas dos gramados, e o Endangered Streamers, para o Greenpeace, em que gamers se transformaram em avatares de bichos em extinção e pediam doações no mundo virtual para salvar o mundo real.

Na semana passada, o “meme do cão desconfiado” foi vendido por vinte milhões de reais por meio de NFT (“non-fungible token”, uma espécie de certificação digital) e já estamos vendo mais e mais influenciadores e empresas vendendo seus conteúdos e produtos virtuais dessa forma – o que mostra que essa mudança criou uma urgência para as marcas entrarem nesse universo. Deixo aqui para nossa reflexão um trechinho da matéria da Wired “The Metaverse is Coming” – nas palavras do CEO e fundador da Roblox, David Baszucki: “The Metaverse is arguably as big a shift in online communication as the telephone or the internet. Within the next few decades its applications will exceed our wildest imaginations. Perhaps the greatest opportunity it presents is to bring together people from all walks of life and foster a civil digital society. In 2021, that new society will begin to emerge for real.”

*Metaverse – O Metaverse é um espaço compartilhado virtual coletivo, criado pela convergência de realidade física praticamente aprimorada e espaço virtual fisicamente persistente, incluindo a soma de todos os mundos virtuais, realidade aumentada e internet. A palavra metaverse é um portmanteau do prefixo “meta” e “universe” e normalmente é usado para descrever o conceito de uma futura iteração da internet, composta de espaços virtuais 3D, persistentes e compartilhados, ligados a um universo virtual percebido.


Por: Theo Rocha
Fonte: https://cannes.meioemensagem.com.br/diario-de-cannes/2021/06/25/o-admiravel-mundo-do-metaverse/

Publicado por luizguilhermeguedes

| guedesonline.com | @guedesonline |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: